quarta-feira, 26 de abril de 2017

Prazer sou Dinda!

Ok, eu sei que sumo! E sempre começo um novo post, falando "isso não vai mais acontecer" e sempre acontece.. Tá chaaaaaaaaato, todos sabemos, mas sempre que escrevo é pra tentar não acontecer mesmo, então um post por mês vai ser o novo objetivo 😄

E hoje vim falar de amor 💕 Ou melhor de amores, 2014 & 2016! 😍

Sim vim falar de nenéns, de bebês, de coisas boa, de vida, de amor puro! 

Como descrever um amor novo? Aquele amor que nasce desdo dia que a gente recebe a notícia do ele (a) tá chegando, vai aumentar a família e você vai babar até secar a boca, e ainda assim vai achar lindo e ficar com o queixo caído?

Não gente, eu não sou mãe. Sou Dinda! Dinda de consagração, e prima de segundo grau, e antes disso eu sou amor pelas minhas princesas.
 

Como que pode alguém tão pequeno ser dono de um amor tão grande?

Como que Deus sabe realmente das coisas e sabe quando é a hora que a gente precisa de anjos aqui e envia elas pra gente.

Marieva, tem um sorriso lindo e um jeito de fazer com que eu me encante a cada Tatá que ela fala, ela já conseguia tudo comigo quando eu a olhei naquele 04 de Dezembro.


Antônia, tem os olhos que brilham junto com o sorriso, ainda não fala mas eu já ouvi ela falando Tatá e não vai me dizer que eu estou errada, ela veio e me mostrou que o amor se divide e que a saudade se multiplica quando passam 10 dias e você não está com ela, nem que seja 5 minutos do meu dia. Cada dia 23 de Fevereiro jamais será o mesmo!

Sim, sou uma pessoa bem melhor depois que elas chegaram, agradeço e peço saúde pra elas todos os dias e farei isso sempre. 

Sou completamente apaixonada por essas crianças, e não ligo se eu tiver que trocar fraldas ou dividir meu prato de comida se elas comerem no final 10% do tanto que elas querem ser independentes. E olha que com comida não se brinca e não se mexe, mas sabe como é, pra tudo na vida temos uma exceção. 

Elas são capazes de mudar a rotina dá casa, de chorar para deixar louca, de dormir e a gente estranhar o silêncio é ficar vigiando o sono tranquilo, de dormir em 5 minutos ou em 59 na mesma proporção, de fazer com que a brincadeira nunca tenha fim, de escolherem qual o desenho querem assistir e fazer com que a gente aprenda músicas infantis novas (Mundo Bita, Galinha Pintadinha 1,2...MIL, Turminha Paraíso) e ainda aprender a repetir para elas dormirem, além é claro de me relembrar como é mãezinha do céu e cantar pra elas dormirem mesmo sem precisar só pelo fato de tranquilizar o ambiente que elas dormem.

Ainda não são filhas da minha irmã então essa experiência eu ainda vou experimentar (né irmã!?), não são minhas filhas oficialmente, é que sendo filhas das primas a gente pode considerar um pouco de filha nossa também. Afinal, afilhadas tem filhas no meio, então BEIJOS BRASIL rs'.

São da minha família, são as princesas mais lindas do mundo, aquelas que eu sempre vou sorrir quando me lembar, adorar mostrar foto, espalhar cada descoberta, chorar de saudade, olhar os tamanhos menores nas lojas, e amar por toda minha vida!

Acho que isso tudo ainda é pouco perto do que elas! Do amor que se tem estando com elas por perto... 

Ai meninas, eu DINDA Tatá ama tanto, Marieva e Antônia ❤
quinta-feira, 5 de maio de 2016

O dia que percebi que eu girava com o mundo

Sim! Tem um dia que a ficha caí, você passa a perceber que o mundo gira com você, e não em torno de você. Que você não é o centro das atenções, que não é um bebê onde todos tem medo das reações (e ainda assim as provocam), que você já cresceu e que agora é ou encara, ou fica pra trás.

Nesse mesmo dia também, você acorda e resolve por a culpa no mundo, reclamar da vida (por 24 horas), levanta com mal humor mesmo e deixar que ele seja maior que você.


Deixa a vida de todos a sua volta pior por um "problema" seu.

Ou quando você tem a mania de ver o problema apenas nos outros e não em você. Quando você afirma que o outro é burro, ou deixa "x" ser o centro da sua atenção, porque aquele dia ele falou algo que você não concordou, e agora quer provar pra todos que você estava certa o tempo todo, mas calma aí, a sua vida mesmo está bem independente da opinião dele não é mesmo? 

Então porque você não o deixa pra lá, como eu fiz uma vez, e tenho que fazer diariamente, muda a forma de olhar o mundo mesmo que ele esteja de cabeça pra baixo pra você, faça-o ir pro lugar, mas comece por você, comece tentando, e não amanhã, mas hoje, agora mesmo!


Resolvi desabafar, prometo sempre voltar aqui.. Esqueço mesmo de que para se ter um blog é necessário uma frequência. Desculpe mundo. Mas eu mesma me cobro bem já.

Quanto ao resto to mudando, era isso :)

Curtiu? Comenta! Compartilha! 
Fique a vontade :*

Seguidores

Sobre!

Minha foto
24 anos e amo aniversário, formada em marketing, mundo fitness estamos sempre tentando entrar, mas largar o chocolate também não quero, apaixonada pela minha família, sagitário (só não me pergunte muito sobre isso) ... sorria gente uma das melhores coisas da vida isso!
Tecnologia do Blogger.

Popular Posts